Olá, seja bem-vindo a Portal Atibaia News
POSTADO EM 06/11/2020 - 14h36

Planos para o saneamento básico são fatores determinantes para o futuro da cidade

Planos para o saneamento básico são fatores determinantes para o futuro da cidade

No próximo domingo, 15 de novembro, a população elegerá o futuro prefeito e os vereadores que governarão a cidade pelos quatro anos seguintes. Neste cenário, é importante conhecer as propostas dos candidatos para que a escolha seja assertiva. Entre os pontos que devem ser analisados estão os que priorizam o saneamento básico, afinal estes serviços são essenciais para a garantia de saúde e infraestrutura digna aos moradores, além das melhorias para o meio ambiente.

Embora trate-se de assuntos básicos e atividades essenciais à população, dados do SNIS-2018 (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento), mostram que mais de 100 milhões de pessoas não têm acesso ao esgotamento sanitário e cerca de 35 milhões não contam com abastecimento de água, o que reflete, diretamente, na saúde, assim como infraestrutura, turismo e o desenvolvimento socioeconômico. Além disso, pesquisa realizada pela ANA (Agência Nacional de Águas) mostra que, para o cumprimento do PLANSAB (Plano Nacional de Saneamento Básico), deveriam ser investidos cerca de R$10 a R$12 bilhões por ano, porém não é injetado nem um terço deste valor, o que dificulta o alcance da universalização nacional até 2033.

De acordo com Mateus Banaco, diretor da Atibaia Saneamento, empresa do Grupo Iguá responsável pela coleta e tratamento de esgoto na cidade, “a participação social, assim como o interesse dos governantes e o apoio de investimentos no capital privado podem influenciar as ações socioambientais no município e auxiliar no avanço da qualidade de vida aos moradores. Por isso a importância do Novo Marco Legal do Saneamento, que possibilita o apoio de empreendimentos privados em prol de um objetivo comum que é 100% de abastecimento de água, esgotamento sanitário e coleta de resíduos”, contou o diretor.

Lembrando que, a qualidade do saneamento básico vai repercutir diretamente em indicadores municipais e nacionais, como o desenvolvimento econômico, melhorias no meio ambiente e produtividade que são ferramentas para atração de empresas e negócios e, consequentemente, redução do nível de desemprego.

Informações à imprensa

Sustentar Comunicação Estratégica

Thais R Croitor – thais@agenciasustentar.com.br

(11) 2427-9303 / (11) 94768-5814

Miriam Alves – malves@iguasa.com.br

(12) 2131-8209 / (12) 99743-1317

VOLTAR