Olá, seja bem-vindo a Portal Atibaia News
POSTADO HÁ 7 DIAS

Atibaia ganha Selo Ouro de Boas Práticas em HIV/Aids

Entre os 160 municípios paulistas que participaram do Programa de Qualificação de Boas Práticas em HIV/Aids, Atibaia está entre os 12 que receberam o prêmio máximo

A Saúde de Atibaia obteve mais uma conquista importante, o Selo Ouro de Boas Práticas em HIV/Aids, resultado do trabalho do município em busca de oferecer uma assistência qualificada e humanizada. Entre os 160 municípios paulistas que participaram do Programa de Qualificação de Boas Práticas em HIV/Aids, Atibaia está entre os 12 que receberam o prêmio máximo, no dia 26 de junho, em evento promovido pelo Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS do Estado de São Paulo.

✅ Clique aqui para seguir o canal do Portal Atibaia News no WhatsApp

Avaliação e objetivo

O programa avaliou as ações de vigilância, prevenção, diagnóstico, vinculação, assistência e tratamento do HIV/Aids. O Programa de Qualificação de Boas Práticas em HIV/Aids tem o objetivo de incentivar e reconhecer os esforços municipais na implementação de práticas de excelência na gestão e contínuo cuidado em IST HIV/Aids e Hepatites Virais.

Premiações

O município de Atibaia vem trabalhando nos últimos anos para melhorar o atendimento de saúde à população e, em dezembro, recebeu mais um reconhecimento na área: o selo prata de boas práticas rumo à eliminação da transmissão de HIV e/ou sífilis de mãe para filho. O trabalho desenvolvido pela Secretaria de Saúde também garantiu à cidade o “Prêmio Luiza Matida” 2023 – dos 645 municípios do Estado de São Paulo, Atibaia ficou entre as 30 cidades que melhor desempenharam ações e trabalhos contra a transmissão vertical de sífilis congênita e HIV.

Visita do Ministério da Saúde

De quarta (3) a sexta-feira (5), Atibaia recebe visita técnica do Ministério da Saúde para processo de certificação da eliminação da transmissão vertical de HIV, sífilis e hepatite B. Várias atividades estão programadas, incluindo apresentação do panorama epidemiológico; funcionamento/organização da rede de saúde; as ações e serviços voltados para prevenção de transmissão vertical; principais avanços e desafios; disponibilização de prontuários de gestantes dos últimos anos; entrevistas com profissionais, entre outras.

VOLTAR