Olá, seja bem-vindo a Portal Atibaia News
POSTADO HÁ 9 DIAS

Munícipe denuncia falta de atendimento e vaga pelo SUS em Atibaia

Segundo Secretaria da Saúde vaga em especialidade de urologia foi negada pela central estadual responsável pela demanda

Armando Teixeira Junior

A falta de atendimento em especialidades e a longa fila de espera por consultas e cirurgias continua gerando reclamações de munícipes de Atibaia.

A leitora Silvana entrou em contato com o Portal Atibaia News e através do “Espaço do Leitor” denunciou a falta de atendimento ao seu irmão, Hugo Leonardo de Oliveira.

"Meu irmão tem um tempo que está com pedras nos rins, foi para Bragança para operar, disseram que não tem como operar, porque não possuem equipamento (adequado), e colocaram na espera em Jundiaí. Ele veio embora, deram alta.

Ele está com dor, está com muita dor, vai na Santa Casa, volta, vai para Santa Casa e volta de novo, toma medicamentos, toma antibióticos, e nada. Já tem dois dias que ele foi para Santa Casa e seguraram ele lá, que tinha que fazer tomografia para fazer a cirurgia para mandar até Bragança. Porém, fez a tomografia e Bragança falou que não é tão urgente a cirurgia dele!

É urgente, mas não é necessário fazer já, que pode esperar mais um tempo. A dor continua, e tem dois dias que ele está na Santa Casa, está numa cadeira sentado, não tem leito, ele está sentado lá, e agora está com infecção no sangue e vai ficar mais uns dias lá, sentado porque não tem leito". Afirmou Silvana.

O Portal Atibaia News encaminhou a reclamação a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Atibaia pedindo mais esclarecimentos sobre a situação do paciente.

Secretaria Municipal de Saúde afirma que vaga foi negada pelo CROSS

Em resposta oficial a Secretaria da Saúde de Atibaia informou que a vaga para o paciente Hugo foi solicitada através da central que distribui os  atendimentos do Sistema Único de Saúde do Estado de São Paulo, e que após consulta na Santa Casa, o paciente receberá alta e não deve ser encaminhado para a cirurgia ou atendimento em especialidade de urologia.

“A Secretaria de Saúde de Atibaia informa que o paciente Hugo Leonardo de Oliveira deu entrada na Santa Casa da cidade no dia 18 de junho com queixa de dor no flanco. Foi iniciado tratamento com antibiótico e o paciente foi inserido na Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde - CROSS, regulado pelo Estado de São Paulo, para solicitação de urologia. No entanto, a vaga foi negada. O paciente foi reinserido na CROSS no dia 19, novamente com a vaga negada, sob a justificativa: paciente com cateter duplo J, quadro de obstrução já resolvido, tratamento com antibioticoterapia. Médico estava aguardando exames para realizar alta do paciente.” Afirma a nota da Assessoria de Comunicação.

“Cirurgia só em caso de vida ou Morte”

Silvana, irmã do paciente Hugo Leonardo, voltou a entrar em contato com o Portal Atibaia News e reclamou que a Prefeitura alega que a Central CROSS classifica o caso do paciente como “urgente”, mas não como “emergência”.

“Eles negam a vaga dizendo que emergência seria o paciente estar entre a vida e a morte. Meu irmão sente muita dor, o caso dele é urgente para cirurgia, mas segundo eles, pode esperar. Precisa chegar no estado de vida ou morte para ser atendido.” Desabafou Silvana.

A munícipe informou ainda que solicitou ajuda de vereadores e segue aguardando uma solução para o caso.

VOLTAR