Olá, seja bem-vindo a Portal Atibaia News
POSTADO EM 11/01/2021 - 22h15

Prefeitura de Atibaia se pronuncia sobre denúncias não atendidas de Aglomeração e Som Alto nas festas de Natal

Diversos bairros de Atibaia registraram no final de semana do Natal, entre os dias 24 e 26 de dezembro, grande número de reclamações de perturbação do sossego e aglomeração, muitas delas não foram atendidas pelas forças de segurança pública.

Armando Teixeira Junior

O final de ano é marcado pela alegria das celebrações de Natal e Ano Novo, mas em 2020 o mundo todo teve que se adaptar a uma realidade diferente, evitando festas e grandes aglomerações para tentar frear a disseminação da Covid-19.

No entanto nem todos aderiram aos protocolos de isolamento social recomendados pelas principais autoridades sanitárias, cientistas e médicos do Brasil e do mundo.

Em Atibaia muitas foram as reclamações de moradores que relataram festas, barulho e aglomeração madrugada adentro no final de semana logo após o Natal, entre os dias 24 e 26 de dezembro.

O Portal Atibaia News recebeu reclamações através do seu “Espaço do Leitor”. Na impossibilidade de publicarmos todas, seguem abaixo duas denúncias de leitores que entraram em contato conosco.

As reclamações foram encaminhadas através da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Atibaia aos órgãos competentes.

"Gostaria de saber por que as forças policiais de Atibaia não podem agir de forma mais efetiva em casos de perturbação do silêncio. No final de semana do Natal, para ser mais exata no domingo dia 27, era possível ouvir com clareza um "batidão" de baile funk vindo provavelmente das casas populares.

Nesse caso, só pelo barulho era evidente que estava acontecendo uma festa com aglomeração e quebra de protocolos de saúde também. Tentamos eu e alguns vizinhos ligar repetidas vezes para a polícia que não atendia. Partilhamos em grupos de vizinhos e foi dito que precisávamos do lugar exato para fazer a denúncia. Um absurdo, eu teria que sair de madrugada para procurar o local exato do som? Uma viatura encontraria o lugar com facilidade só de entrar no bairro, uma vez que a algazarra era enorme. Mas nada foi feito a respeito. Por que as forças policiais não interferem e fecham esses bailes? Em Bragança Paulista toda hora vemos notícias da polícia interrompendo situações como essas de aglomeração, desrespeito e barulho".

"Encaminho minha reclamação ao Portal Atibaia News porque esse final de semana do Natal foi um caos no bairro onde moro. Carros passando com som alto o dia todo, noite toda e de madrugada. Bailes funk, Festas em casas vizinhas, um desrespeito com a população e com as medidas de isolamento social...

Para piorar a polícia não veio intervir, parecia uma terra sem lei.

Todos sabem onde acontecem as festas e ninguém faz nada. Bares, Adegas lotados com o povo bebendo aglomerado. Motos passando em alta velocidade o dia todo... As 3 horas da madrugada de domingo passaram ao menos 3 carros perto da minha casa com som estourando de alto... Cadê a fiscalização?"

A Secretaria de Segurança Pública acolheu as reclamações e enviou ao Portal Atibaia News o comunicado que reproduzimos na integra, em resposta as reclamações dos leitores.

“A Secretaria de Segurança Pública informa que não tem poupado esforços para coibir as perturbações de sossego e aglomerações de pessoas. Inclusive, as Forças de Segurança Pública, por meio do Gabinete de Gestão Integrada em Segurança Pública - GGI Atibaia, em ação conjunta com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SEDEC), frequentemente têm promovido operações de fiscalização dos estabelecimentos comerciais, averiguando o cumprimento da legislação que regula bares e restaurantes, verificando alvarás de funcionamento e permissões para execução de música.

Quanto às reclamações por perturbação do sossego, a Guarda Civil Municipal nem sempre consegue atender a todas as solicitações, pois além do efetivo no período noturno ser menor, a prioridade é atender aos casos mais graves.

Em relação ao período de festas de fim de ano, apesar do efetivo reforçado e do atendimento às ocorrências ter acontecido durante todo o plantão noturno em diversas regiões da cidade, não foi possível atender a todas as solicitações devido ao elevado número de chamadas registradas pela Guarda nesse período.

Por fim, a Secretaria de Segurança Pública informa que, em conjunto com as demais forças que compõem o GGI, dentre elas o Poder Judiciário, está elaborando um Plano de Ação para aplicabilidade das devidas sanções jurídicas.

Imagem ilustrativa

VOLTAR