Olá, seja bem-vindo a Portal Atibaia News
POSTADO HÁ 8 DIAS

Casal revitaliza Lago do Jardim dos Pinheiros com artesanatos em madeira e jardinagem

Geraldo Soares e Mari Vasconcelos são os responsáveis pelos belos bancos em madeira rústica e decorados com pinturas, pelas floreiras e pelo deck de madeira que atrai cada vez mais visitantes ao local.

Armando Teixeira Junior

Com muita disposição e boa vontade o ex-militar Geraldo Soares e sua esposa a professora de história Mari Vasconcelos decidiram revitalizar o entorno do lago do bairro Jardim dos Pinheiros.

O trabalho de jardinagem envolve o plantio de árvores e mudas de diversas plantas, além da instalação de floreiras e vasos feitos de madeira e outros materiais.

Quem visita o local encontra ainda belos bancos de madeira rústica decorados com cores vivas e um belo acabamento.

Geraldo surpreende ao garantir que nunca foi marceneiro de profissão e que é autodidata no trabalho com madeira, assim como nunca trabalhou com jardinagem.

Todo o processo de revitalização teve início há aproximadamente 12 anos, segundo o casal o Lago do Jardim dos Pinheiros parecia abandonado e malcuidado, e decidiram então colaborar para transformar essa realidade.

“A vontade era muito grande de ver o lago revitalizado, então resolvi fazer por conta própria. Fazemos praticamente sozinhos, com pouca ajuda de moradores”. Conta Geraldo que já está finalizando mais um banco de madeira que será colocado no local no final de semana do Dia das Mães.

A falta de apoio no projeto não impediu que o casal continuasse a ter novas ideias, foi assim que surgiu a ideia de criar uma estrutura de madeira para apreciar a vista na beira do lago.

“Sempre tive a vontade de fazer um deck, desde o primeiro dia que coloquei meus pés aqui no lago. Fiz uma rifa de um banco de madeira e com a arrecadação do dinheiro construí o deck.

O ex-militar está atualmente desempregado, realiza pequenos “bicos” e fica feliz com o reconhecimento do trabalho voluntário que têm atraído turistas e moradores de Atibaia.


“Recebo milhares de elogios, até de outros estados e países,  inclusive foram fotos dos meus trabalhos para o exterior.  Tem vindo pessoas de todas as cidades vizinhas fotografar e inclusive muitas noivas.” Diz Geraldo.

Para o casal toda colaboração é bem-vinda, moradores podem ajudar como voluntários na limpeza e conservação do espaço, ou mesmo fazendo doações em dinheiro para que novas estruturas possam ser construídas.

Geraldo diz que se acostumou a trabalhar “quase sozinho” na manutenção do local, mas pede que aqueles que não quiserem e não puderem ajudar, colaborem ao menos com a manutenção do espaço.

“ As pessoas que não ajudam, pelo menos não estraguem aquilo que já foi feito. Peço a todos que tiram fotos, que publiquem sempre um aviso para que todos os visitantes ajudem a cuidar e respeitem o local. Já plantei mais de 50 mudas de árvores e as pessoas quebraram. Peço de coração que não estraguem”.

Outra forma de colaborar é doando materiais, desde uma lata de tinta usada, até um pedaço de madeira que “sobrou” de alguma obra pode ajudar.

Conheça um pouco mais do trabalho do casal Geraldo Soares e Mari Vasconcelos através dos registros fotográficos que o casal disponibilizou para o Portal Atibaia News.

 

VOLTAR